Dieta sem glúten

Mesmo 30 anos atrás, ninguém poderia pensar que depois de um tempo o mundo inteiro enlouqueceria com produtos sem glúten, uma dieta na moda seguida por muitas estrelas apareceria, e a palavra glúten se tornaria algo proibido e prejudicial. De fato, o glúten é uma proteína vegetal que não se dissolve na água. Muitos nos últimos anos desenvolveram um diagnóstico de doença celíaca (intolerância individual ao glúten). Nesse caso, os médicos prescrevem uma dieta sem glúten. Observando suas enfermarias, os médicos chegaram à conclusão de que uma dieta sem glúten não apenas ajuda na doença celíaca, mas também contribui para a rápida perda de peso e melhora o bem-estar geral de uma pessoa, para agilizar sua perda de peso conheça Moder Diet Preço excelente. Muitos nutricionistas também observaram os princípios de uma dieta sem glúten.

 

Os produtos proibidos nesta dieta são: pão, produtos de panificação, massas, trigo, cevada, sêmola e cevadinha, panificação semi-acabada, salsichas, molho, kvas, batatas fritas.

Produtos permitidos: leite natural, queijo, queijo cottage, iogurte (os produtos industriais terão que ser abandonados, pois a farinha é utilizada em sua produção), óleos vegetais, azeite e óleo de coco, frutas, legumes, lentilhas, ervilhas, feijões, trigo sarraceno, amaranto, quinoa , arroz preto e marrom.

Para determinar o conteúdo de glúten em um produto em casa, é muito simples: solte uma gota de iodo no produto; se ele contiver glúten, ficará preto ou roxo.

Recentemente, muitos fabricantes estabeleceram linhas de produtos sem o uso de glúten, portanto, leia o rótulo dos produtos adquiridos.
Observe também o seu regime de bebida – 2 litros. fluidos por dia, esse é o mínimo.

Menu de dieta sem glúten para a semana

Segunda-feira

Café da manhã: mingau de arroz com frutas frescas, pão de fubá, chá ou café.
Lanche: porção de queijo cottage.
Almoço: sopa de legumes com espinafre, peito de frango assado no forno com batatas, salada de legumes, chá ou café.
Lanche: 2 qualquer fruta.
Jantar: mingau de milho, um punhado de nozes, kefir.

Terça-feira

Café da manhã – queijo cottage com frutas, pão de arroz, mel, chá ou café.
Lanche: banana.
Almoço: sopa de galinha, pilaf, salada de legumes, chá ou café.
Lanche: chocolate preto.
Jantar: batatas assadas com uma fatia de salmão assado, chá ou café.

Quarta-feira

Café da manhã: ovos mexidos com queijo, pão sem glúten, chá ou café.
Lanche: pão de farinha de arroz com geléia.
Almoço: sopa de peixe, arroz, costeleta de frango, salada de legumes, chá ou café.
Lanche: iogurte sem aditivos ou kefir.
Jantar: caçarola de queijo cottage com farinha de arroz, 2 frutas à sua escolha.

Quinta-feira

Café da manhã: salada de cenoura em azeite, nozes, queijo frito, chá ou café.
Lanche: salada de frutas.
Almoço: sopa de legumes, feijão no tomate, costeleta de peru, chá ou café.
Lanche: queijo cottage.
Jantar: panquecas com farinha de arroz, peixe estufado, chá ou café.

Sexta-feira

Café da manhã: flocos de milho com iogurte sem aditivos, 2 frutas.
Lanche: queijo.
Almoço: sopa de beterraba com carne, massas sem glúten, almôndegas, chá ou café.
Lanche: frutas.
Jantar: mingau de trigo sarraceno com peito cozido, chá ou café.

Sábado

Café da manhã: panquecas de trigo sarraceno, mel, kefir.
Lanche: 2 frutas.
Almoço: sopa de repolho, costeleta de frango com arroz, chá ou café.
Lanche: nozes.
Jantar: legumes cozidos com cogumelos, peixe em papel alumínio.

Domingo

Café da manhã: cheesecakes com amido de batata, frutas secas, chá ou café.
Lanche: queijo cottage ou iogurte.
Almoço: sopa de queijo, peixe assado, trigo sarraceno, chá ou café.
Lanche: assar maçãs com nozes.
Jantar: frango cozido, salada de legumes, iogurte sem aditivos ou kefir.

Posts Relacionados  Top 6 razões para comer blueberries todos os dias